• “El Mapa de Todos”, batizado em tributo ao uruguaio Daniel Viglietti

    “El Mapa de Todos”, batizado em tributo ao uruguaio Daniel Viglietti

    O nome do festival “El Mapa de Todos” foi sacado da letra de um clássico da canção uruguaia e latina, a música “Milonga de andar lejos” (veja a letra abaixo), do cantor, compositor, poeta e militante político uruguaio Daniel Viglietti – Montevidéu, 24 de julho de 1939 – Montevidéu, 30 de outubro de 2017. Em 12 de novembro de 2014, a…

  • Histórica entrevista que resgatou Lafayette para a cena musical nacional

    Histórica entrevista que resgatou Lafayette para a cena musical nacional

    Por volta do ano 2000, adentrando ao seu segundo ano de vida desbravando os caminhos da internet brasileira, a então Senhor F – A Revista do Rock trazia uma entrevista histórica com o tecladista Lafayette. Apesar de sua fundamental colaboração com Roberto Carlos, especialmente, e dezenas de outros artistas, além de seus discos solo, o…

  • Salum Abdallah & Cuban Marimba Band, a influência cubana na África Oriental

    Salum Abdallah & Cuban Marimba Band, a influência cubana na África Oriental

    A influência da música cubana na África, a partir dos anos quarenta, não se limitou aos dois Congos e países vizinhos. Avançou por todo o continente, em especial no Senegal, Benin, Burkina Faso e Mali, entre outros. Inicialmente, sob o ritmo da rumba, que invadiu a maioria dos países – depois, conhecida mundialmente como “rumba congolesa”.…

  • El Mapa de Todos, palco brasileiro para artistas latinos emergentes

    El Mapa de Todos, palco brasileiro para artistas latinos emergentes

    O Festival El Mapa de Todos tem sua história marcada pela apresentação ao público brasileiro de artistas latinos em início de carreira que posteriormente despontaram em seus respectivos países. Desde sua primeira edição, em 2008, ainda em Brasília, esta característica ficou evidente com a participação da cantora e compositora chilena Javiera Mena, depois uma das…

  • Um raro vídeo com a banda The Brazilian Bitles, do hit Gata/Wild Thing

    Um raro vídeo com a banda The Brazilian Bitles, do hit Gata/Wild Thing

    Uma das bandas mais legais do rock brasileiro dos anos sessenta, com seu mix de merseybeat, Jovem Guarda e garagem. Ao longo da carreira, lançaram 3 LPs e vários compactos, incluindo o hit Gata, versão para Wild Thing, dos ingleses The Troggs. É deleS a garageira “Dedicado a quem amei“, no melhor estilo “garage-punk” sessentista.…

  • Entrevista com Manoel Cordeiro: A música da Amazônia para o mundo

    Entrevista com Manoel Cordeiro: A música da Amazônia para o mundo

    É com grande prazer que apresentamos uma entrevista com o mestre Manoel Cordeiro. Um dos grandes músicos brasileiros, Manoel tem uma trajetória musical do tamanho da Amazônia. Ele é um dos principais artífices da “era de ouro” da música do Norte, que gerou a lambada, o beiradão e o brega. Nos estúdios da Gravasom com…

  • 10 discos clássicos da psicodelia latina dos anos sessenta

    10 discos clássicos da psicodelia latina dos anos sessenta

    A discografia psicodélica latino-americana é uma fonte de surpresas para quem somente tem ouvidos para as obras clássicas americanas ou inglesas. Entre os anos de 1967 e 1970, uma grande quantidade de discos foi produzida e lançada na região. Nascidos com a beatlemania, muitos grupos enveredaram pelo caminho da psicodelia, influenciados por Sgt. Pepper’s. A…

  • O ‘Grande Caribe’ e sua influência na criação e no mercado mundial da música

    O ‘Grande Caribe’ e sua influência na criação e no mercado mundial da música

    “Mucho debe Cuba a sus músicos populares”, afirmou o escritor Alejo Carpentier, autor do livro “A música em Cuba”, um estudo sobre as influências afro-europeias na arte musical cubana. A bem da verdade, o mundo deve muito à música cubana, mas também à música produzida em todo “o grande Caribe”, como definiu outro escritor, o colombiano…

  • “Sweet Mother”, a música mais vendida por um artista africano

    “Sweet Mother”, a música mais vendida por um artista africano

    A música africana tem muitas histórias para serem contadas e conhecidas por outros povos. Uma delas tem a ver com  a canção mais vendida por um artista africano. A música se chama Sweet Mother, foi lançada em 1976, e vendeu mais de 13 milhões de cópias. Com 9m53, a composição fala da relação de amor…

  • Em show espetacular, David Byrne resgata música de William Onyeabor

    Em show espetacular, David Byrne resgata música de William Onyeabor

    Em meados da década passada, David Byrne produziu um mega show para promover a obra do artista nigeriano William Onyeabor. Destacado artista de funk experimental, Onyeabor se tornou conhecido pelo hit/disco Atomic Bomb, lançado em 1978. David Byrne por meio de seu selo Luaka Bop relançou o disco, outros álbuns, coletâneas e um boxset com…

  • “O maior show da Terra”, com Jerry Lee Lewis no Star Club, em 1964

    “O maior show da Terra”, com Jerry Lee Lewis no Star Club, em 1964

    O número de clássicos do rock ao vivo é grande: Live At Apollo com James Brown, Live At Kevin Hall com The Kinks, Get Yer Ya Ya’s Out com The Rolling Stones, At Filmore East com The Almann Brothers e, ainda, Slade Alive com Slade, entre outros. Mas, dentre eles, um se destaca: Live At…

  • Sivuca, arranjador do hit Pata Pata e pioneiro da relação musical Brasil-África

    Sivuca, arranjador do hit Pata Pata e pioneiro da relação musical Brasil-África

    O multi-instrumentista brasileiro Sivuca é o arranjador do mega-hit africano Pata Pata, que ganhou o mundo na voz da cantora sul-africana Miriam Makeba. Lançado em 1967, o compacto explodiu nas paradas internacionais, incluindo o Brasil. A música batizou o álbum Pata Pata, de 1967, com arranjos e participação instrumental de Sivuca. Naquele momento, Miriam Makeba…

  • Mestre Vieira e outros gênios da guitarra do Norte que criaram um gênero

    Mestre Vieira e outros gênios da guitarra do Norte que criaram um gênero

    “Mestre Vieira criou um gênero. Isso em qualquer lugar do planeta é importantíssimo”, afirmou Boanerges Nunes Lobato Junior (o guitarrista Pio Lobato; veja no pé da matéria) na tese “Guitarrada, um gênero do Pará” (Universidade Federal do Pará, 2001). O inventor da lambada, rebatizada de guitarrada – a lambada com guitarra, nasceu em Barcarena, no interior do…

  • Magno, do clássico ‘Amor Amor’, morre em Fortaleza, aos 69 anos

    Magno, do clássico ‘Amor Amor’, morre em Fortaleza, aos 69 anos

    O cantor Magno , um dos grandes ídolos da música popular do Norte do Brasil morreu neste sábado, aos 69 anos. “Muito obrigada grande Magno por suas canções que marcaram a minha infância e de tanta gente”, escreveu Lia Sophia em suas redes sociais – ela regravou seu maior hit – Amor Amor. É dele…

  • Julio Jaramillo, do Equador, o embaixador do bolero para o mundo

    Julio Jaramillo, do Equador, o embaixador do bolero para o mundo

    O cantor equatoriano Julio Jaramillo (1 de outubro de 1935 – 9 de fevereiro de 1978) é um dos maiores intérpretes de bolero da história do gênero. Em sua carreira estão feitos como a gravação de mais de duas mil músicas e também se apresentar em toda a América Latina e outros países do mundo. Com sua…

  • Albert Luampasi, pioneiro da guitarra africana e mestre de Franco Luambo

    Albert Luampasi, pioneiro da guitarra africana e mestre de Franco Luambo

    Um raro registro do guitarrista, cantor e compositor da República Democrática do Congo, Albert Luampasi, um dos mentores de Franco Luambo no início da carreira, junto com Henri Bowani, compositor de Marie Louise. Registros de Luampasi e de outros pioneiros da rumba congolesa podem ser ouvidos na coletânea The Soul Of Congo: Treasures Of The Ngoma Label…

  • Os primeiros passos do rock brasileiro, dos anos 50 até a pré-Jovem Guarda

    Os primeiros passos do rock brasileiro, dos anos 50 até a pré-Jovem Guarda

    Recém nascido nos EUA, o rock and roll pegou a juventude brasileira, como a do resto do mundo, de surpresa, pois até então os jovens não tinham um ritmo musical próprio e nem acesso às salas-santuários, onde mamães e papais ouviam bolero, samba-canção, tango e, os mais radicais, big bands, Frank Sinatra e Doris Day.…

  • Leo Sarkisian e a série de LPs que inaugurou a moderna música da Guiné-Conakry

    Leo Sarkisian e a série de LPs que inaugurou a moderna música da Guiné-Conakry

    Antes da entrada da gravadora Syliphone Conakry em cena, uma série de registros inaugurou a discografia da Guiné-Conakry nos anos sessenta. Batizada de “Edition Spéciale“, a série teve início em 1961 com o lançamento de três LPs, seguidos em 1962 e 1963 de outros sete LPs e mais cinco 45rpm. Gravados por Leo Sarkisian, foram os…

  • “Bicho”, com um pé na África pop, mas rejeitado em seu tempo

    “Bicho”, com um pé na África pop, mas rejeitado em seu tempo

    Um disco de Caetano Veloso merece uma espécie de “revisão” histórica sobre seu papel na discografia nacional.  No caso, “Bicho”, lançado em 1977, e criticado à época, apesar do sucesso de Odara, Tigresa, Um índio e Leãozinho, especialmente. Na reedição em formato CD, o disco é apresentando como um dos álbuns “mais controvertidos de Caetano…

  • Uma orquestra no epicentro da revolução cultural anticolonialista

    Uma orquestra no epicentro da revolução cultural anticolonialista

    A Syli Authentic é uma espécie de matriz das dezenas de orquestras que proliferam na Guiné-Conakry independente do colonialismo francês, em 1958, processo liderado pelo presidente Ahmed Sékou Touré. A orquestra é também o epicentro de um dos processos culturais mais importantes da história da África, e mesmo mundial, que teve o Estado como fomentador de…

  • Da Guiné-Conakry, conheçam Sory Kandia Kouyaté, a voz da revolução

    Da Guiné-Conakry, conheçam Sory Kandia Kouyaté, a voz da revolução

    A primeira impressão de quem “descobre” Sory Kandia Kouyaté é a mesma daqueles que, nos anos setenta, ouviram Milton Nascimento pela primeira vez. A sua voz técnica, melodiosa, épica e poderosa transformou o jovem da Guiné-Conakry em um dos cantores mais importantes da África e um fenômeno mundial. “A voz da revolução” ou “A voz…

  • ‘Milongas abaixo de mau tempo’, a alma do pampa na ponta dos dedos

    ‘Milongas abaixo de mau tempo’, a alma do pampa na ponta dos dedos

    A milonga é um dos gêneros musicais mais apaixonantes do Rio Grande do Sul e da região do pampa. Unindo Brasil, Argentina e Uruguai, a milonga traduz a alma do povo da região. Nesta playlist, reunimos alguns dos momentos mais emblemáticos da história da milonga (ao nosso gosto). Nela estão clássicos como José Cláudio Machado…

  • Veja a versão do grupo Frente Cumbiero para “Merecumbe”, clássico da Fania Recs

    Veja a versão do grupo Frente Cumbiero para “Merecumbe”, clássico da Fania Recs

    Em 2017, o grupo colombiano Frente Cumbiero gravou seu tributo aos mestres da gravadora Fania Records, de Nova York. Na série Fania Chapinero Sessions, registraram uma impressionante versão de “Merecumbe”, original de Johnny Colon. Liderado por Mario Galeano Toro, compositor e produtor colombiano, Frente Cumbiero é um dos grupos da vanguarda musical tropical e latina…

  • Gabriel O’Meara, do Peso aos estúdios com Erasmo, Raul Seixas e Tim Maia

    Gabriel O’Meara, do Peso aos estúdios com Erasmo, Raul Seixas e Tim Maia

    Gabriel O’Meara é um nome presente no imaginário roqueiro nacional. Viveu no Brasil de 71 até 91, depois de chegar ao Rio de Janeiro para passar férias. Escrevia para o jornal Rolling Stone nacional, tocava com a lendária banda Peso e tem seu nome nos créditos do clássico 1990 – Projeto Salva Terra, de Erasmo…

  • Mexicanos Son Rompe Pera invocam os “pachucos” e o punk na cumbia

    Mexicanos Son Rompe Pera invocam os “pachucos” e o punk na cumbia

    A cumbia avançou os limites clássicos do gênero em vários momentos da história; um desses momentos é protagonizado pelos mexicanos Son Rompe Pera. Oriundos de Naucalpan, um subúrbio da Cidade do México,  juntaran influências clássicas (Andres Landero) com punk e ska e a marimba mexicana, herdada de seu pai.   A marimba é popular nos estados do…

  • Em 2005, Júpiter Maçã apresenta ‘Beatle George’ na Noite Senhor F

    Em 2005, Júpiter Maçã apresenta ‘Beatle George’ na Noite Senhor F

    Em 21 de maio de 2005, Júpiter Maçã fez seu primeiro show em Brasília. Na ocasião, o músico gaúcho e sua banda apresentaram-se no lendário Gate’s Pub (403 Sul). O show fez parte da programação da Noite Senhor F, evento que marcou época na cidade. Confiram o registro do jornalista Pedro Brandt (leia seu depoimento…

  • A origem da rumba congolesa sob a influência da música cubana

    A origem da rumba congolesa sob a influência da música cubana

    Em 1948, a música Marie-Louise, de Antoine Wendo Kolosoy, co-escrita com o guitarrista Henri Bowane e produzida pelo grego Nico Jeronimidis da Ngoma Editions, tornava-se o primeiro hit do que se passou a chamar “rumba congolesa”, vendendo dois milhões de cópias, um fenômeno para a época.  “Era o resultado do advento da indústria fonográfica e dos estúdios de gravação operados por…

  • As cordas de ácido de Lanny Gordin, da Jovem Guarda ao Tropicalismo

    As cordas de ácido de Lanny Gordin, da Jovem Guarda ao Tropicalismo

    Os Mutantes, Rogério Duprat, Gilberto Gil, Gal Costa e Torquato Neto – o grupo, o maestro, o mentor-compositor, a intérprete e o poeta – são nomes que imediatamente vêem à lembrança quando se fala em Tropicalismo. Mas, além desses, quase nunca, ou muito pouco, é lembrado o grande instrumentista, sem o qual discos de Gil…

  • Mestre Cupijó, o gênio das três raças ganha tributo paraense

    Mestre Cupijó, o gênio das três raças ganha tributo paraense

    Na abertura do carnaval de 2024, 9 de fevereiro, o grupo Baile do Mestre Cupijó lançou o primeiro álbum de estúdio com a obra do artista de Cametá, no interior do estado. Já falecido (em 2012), Cupijó é um dos músicos mais importantes do Brasil, em particular pela sua mistura sonora das músicas europeia, negra…

  • John Cage, o elo invisível da vanguarda musical dos anos sessenta

    John Cage, o elo invisível da vanguarda musical dos anos sessenta

    O maestro Rogério Duprat nunca escondeu as influências de John Cage sobre a obra que ele produziu com os Mutantes, como falou na entrevista para a Senhor F, em 2000 (em breve, republicaremos aqui, em áudio). Uma das biografias de Paul McCartney, por sua vez, também destaca as relações do velho Macca – quem diria?…

  • Rádio Voix de la Révolution: independência e resgate cultural

    Rádio Voix de la Révolution: independência e resgate cultural

    Nas décadas de 60 e 70, pós-revolução de independência anticolonial (em 1958) houve uma explosão da produção musical na Guiné-Conakry, com orquestras (grupos) por todo o país. Os melhores e mais importantes registros foram gravados e transmitidos pela rádio Voix de la Révolution, e lançados pela gravadora estatal Editions Syliphone (ouça aqui). Inicialmente conhecida como…

  • Champeta: o encontro das músicas africana e latina no Caribe colombiano

    Champeta: o encontro das músicas africana e latina no Caribe colombiano

    A música cubana tem uma importante contribuição para a construção da música africana moderna, a partir do pós-2ª Guerra Mundial e no período pós-revoluções anticolonialistas. É dessa influência que surge a “rumba congolesa” que depois, com o impacto universal dos anos sessenta, evoluiu para o “soukous”. Mas, isso é uma história que contaremos na sessão…

Publicações